Untitled
esquerda


Leia a Última Edição!

II Série Volume 30 Número 7/8
Julho-Agosto 2017

E-ALERT:

menu esquerda
 
   
 
 
 
 


  1- Factores de recorrência das lesões intraepiteliais do colo do útero.

2- Duodenoscopia e colangiopancreatografia retrógrada endoscópica (cpre) no diagnóstico da patologia biliar e pancreática. Experiência dos primeiros 150 exames.

3- Mefedrona, a Nova Droga de Abuso: Farmacocinética, Farmacodinâmica e Implicações Clínicas e Forenses

4- História natural da dilatação pielocalicial pré-natal.

5- Erisipela.

6- Abordagem terapêutica das úlceras de pressão--intervenções baseadas na evidência.

7- Drogas antidepressivas.

8- Traumatismo Crânio-Encefálico: Abordagem Integrada

9- Ulceras genitais causadas por infecções sexualmente transmissíveis: actualização do diagnóstico e terapêuticas, e a sua importância na pandemia do VIH.

10- Abordagem actual da gota.

11- Vasculite livedóide.

12- Tratamento antibiótico da cistite não complicada em mulheres não grávidas até à menopausa.

13- Cisto de Tarlov: definição, etiopatogenia, propedêutica e linhas de tratamento.

14- Inversão uterina.

15- Urolitíase e cólica renal. Perspectiva terapêutica em Urologia.

16- Princípios básicos em cirurgia: fios de sutura.

17- Rabdomiólise.

18- Glioblastoma multiforme ... com apresentação multifocal.

19- Diferenças farmacodinâmicas e farmacocinéticas entre os SSRI: implicações na prática clínica.

20- Espondilodiscite: que etiologia?

 
   

NOVA Medical School - BMJ Research to Publication Program



Muita da investigação em saúde é desperdiçada por falta do adequado planeamento, execução e publicação da mesma. Ao longo dos últimos 25 anos a British Medical Journal (BMJ) tem testemunhado os desafios que os investigadores enfrentam. Abundam no mercado cursos e dicas para a produção de artigos de investigação médica, todavia os requisitos científicos e éticos fundamentais para uma publicação de sucesso não são do conhecimento de muitos autores. Persiste a necessidade de respostas claras a perguntas como: Porque é que as revistas médicas rejeitam ensaios clínicos que não foram pré-registados? Como podem teses de doutoramento serem transformadas em artigos científicos que as revistas internacionais de alto fator de impacto vão querer publicar? Qual é a melhor revista para publicar o meu artigo? Devo importar-me com o Open Access (acesso aberto)?

O programa NOVA-BMJ “Research to Publication” reúne conteúdos científicos dos editores seniores da BMJ e da NOVA Medical School, num programa de duas componentes formativas: 48 módulos e-learning, em inglês, organizados em 6 tópicos num total de 200h de formação online e um evento presencial na NOVA Medical School em Setembro de 2017.  O programa tem acreditação de 10 ECTS pela NOVA Medical School - Universidade Nova de Lisboa e beneficia ainda de uma redução de 50% no “fee” de publicação no BMJ Open aos artigos aceites para publicação.

Link para mais informação: http://www.fcm.unl.pt/main/index.php?option=com_content&view=article&id=2107&catid=2&lang=pt

Contacto: posgraduacao@nms.unl.pt