Philosophy of nursing education. Reflections.

Maria Aurora de Sousa Bessa, Marta Hansen Lima Basto

Abstract


Uma importante característica do pensamento filosófico e a capacidade de constantemente estar duvidoso em relação ao que nos e rotineiro ou familiar. O educador não é um filósofo mas tem de desenvolver uma atitude critica e espirito reflexivo, não se satisfazendo com o simples eco das doutrinas definidas mesmo que o tenham sido por cientistas de renome. A nível individual é indispensável que os educadores de enfermagem reflictam sobre as suas próprias crenças em relação a si ou ao seu papel social. A nível institucional devem os docentes sentir-se com capacidade de modificar a sua prática, através da discussão entre pares, dos princípios essenciais da Pedagogia. A nível nacional, e necessário que os enfermeiros se sintam enquadrados na sociedade e que as discussões dos princípios da educação sejam alargados a outros sectores e mesmo aos órgãos de poder de decisão. Só duma acção conjunta e integrada poderá resultar uma definição de Filosofia da educação que prepare cidadãos autónomos e capazes de modificar constantemente a realidade em que se inserem.


Full Text:

PDF (Português)


Refbacks

  • There are currently no refbacks.