Mitral valve prolapse, a study of 50 patients.

Ana Prudêncio, Mário Garcia-Alves, Eduardo Macieira-Coelho

Abstract


Num estudo clínico de 50 doentes com prolapso da válvula mitral (PVM), 34 mulheres com a idade media de 34.5 anos e 16 homens com a idade media de 44 anos seguidos de 1983 a 1985 na Consulta de Cardiologia do Hospital de Santa Maria, conclui-se que o PVM é mais habitual nas mulheres, predomina no adulto jovem, sendo os sintomas mais frequentes, palpitações isoladas e/ou paroxísticas e precordialgias atípicas. O sopro não é caracteristicamente meso-sistólico, não havendo correlação entre o tipo de sopro e o tipo de prolapso no estudo ecocardiográfico. Não são raros os doentes assintomáticos e são frequentes doentes com auscultação cardíaca normal. As doenças associadas agrupam-se predominantemente nas alterações do mesenquima, o que da ao síndrome de Barlow características de doença generalizada. O PVM tem uma morbilidade elevada. As complicações, insuficiência mitral, endocardite infecciosa, insuficiência cardíaca, foram mais frequentes em homens com idade superior a 45 anos.


Full Text:

PDF (Português)


Refbacks

  • There are currently no refbacks.