Poorly differentiated and undifferentiated neoplasms of the thyroid gland. Clinico-pathologic, immunocytochemical and ultrastructural study.

Clara Sambade, Francisco Sousa Lé, Manuel Sobrinho-Simões

Abstract


Faz-se a revisão clinico-patológica de uma série de 34 neoplasias malignas pouco diferenciadas da tiróide reclassificadas com recurso a métodos ultrastruturais e imunocitoquímicos (demonstração da tireoglobulina, calcitonina, queratinas, antigénio leucocitário comum, cadeias leves e pesadas de imunoglobulinas e antigénio-relacionado com o Factor VIII). A maioria dos 23 carcinomas anaplásticos revelou-se total ou parcialmente constituída por células poligonais, semelhantes as que classicamente se descrevem nos carcinomas pouco diferenciados; em 6 casos foi ainda possível demonstrar, a coexistência de áreas de carcinoma papilar e/ou insular, a corroborar a origem multi-step do carcinoma anaplástico. Seis dos nove linfomas eram constituídos por células grandes e colocavam problemas particulares de diagnostico diferencial com os carcinomas anaplasticos. As duas neoplasias restantes puderam ser caracterizadas como variantes do carcinoma medular. A sobrevida dos doentes com carcinoma anaplástico (mediana — 6 meses) mostrou-se francamente inferior a dos doentes com linfoma e, tanto quanto e possível ajuizar a partir de uma serie tão pequena, independente da estratégia terapêutica e das características morfológicas das neoplasias.


Full Text:

PDF (Português)


Refbacks

  • There are currently no refbacks.